Tags


“Não Sou Suficientemente Bom”

14th January 2018

click for English click for Croatian click for French click for German click for Italian click for Portugueseclick for Romanian click for Russian click for Spanish

Esta é a terceira publicação da série intitulada "Ciladas do Cristianismo". Nesta série, vários autores explicam mal-entendidos comuns que as pessoas que são cristãs ou que querem ser cristãs frequentemente encontram na sua experiência. Estas "ciladas" encontram-se em citações do livro Caminho a Cristo no qual a autora explica lutas que "muitos" enfrentam. A citação para este artigo é: “Quantos há que julgam não ser suficientemente bons para ir a Cristo!” – Caminho a Cristo 31.—Editor.

Uma rapariga com o coração partido e com marcas de corte nos seus braços—não é suficientemente boa. Um jovem que fugiu de casa, gasta todo o dinheiro em festas e drogas—não é suficientemente bom. Um adulto que toda a sua vida lutou com a saúde, um obstáculo que o impediu de seguir os seus sonhos—não é suficientemente bom.

Já alguma vez sentiste que não és suficientemente bom? Não és suficientemente bom na tua família, entre os teus amigos, na sociedade, na escola, ou talvez no teu trabalho. Estas questões podem estar ou não relacionadas a uma situação ainda pior: Não te sentires suficientemente bom para Deus!

O Coração É Enganoso

“Quantos há que julgam não ser suficientemente bons para ir a Cristo!” Caminho a Cristo, 31. É verdade que “enganoso é o coração, mais do que todas as coisas, e perverso.” Jer 17:9.

“Todos nós andávamos desgarrados como ovelhas; cada um se desviava pelo seu caminho” Isa 53:6. Nós estamos todos no mesmo barco. Já nos afastamos todos do Pastor, deixámos o caminho da justiça, à procura da peça perdida da verdadeira alegria noutro lugar. No entanto, Isaías 53:6 não fica por aí. O verso continua: “Mas o Senhor fez cair sobre ele a iniquidade de nós todos.” Enquanto escolhemos o caminho para a destruição, Jesus assumiu os pecados de nós todos!

Podes dizer que isso não se aplica a ti, porque afundaste tão fundo entre os vários problemas que ainda não és suficientemente bom para Jesus e que não há esperança para ti. Mas vamos ver que mais diz a Escritura.

“O Meu Pecado É Muito Grande!”

Alguns sentem que pecaram tanto que não podem mais voltar para Deus. Talvez tenhas medo de ter cometido o pecado imperdoável (o pecado contra o Espírito Santo), cheio de arrependimento devido às decisões erradas que tomaste na tua vida no passado. Porém, isto por si só serve como uma prova de que o Espírito está a trabalhar em ti, e portanto Deus não te abandonou. Vê, o Espírito Santo foi enviado para “convencer o mundo do pecado, e da justiça e do juízo.” João 16:8

Olha para Paulo—um blasfemo, perseguidor e homicida. Ele declarou com certeza: “Esta é uma palavra fiel, e digna de toda a aceitação, que Cristo Jesus veio ao mundo, para salvar os pecadores, dos quais eu sou o principal.” I Tim 1:15. Paulo arrependeu-se e Deus usou-o poderosamente para levar o evangelho ao mundo.

Quanto Tu Vales

Imagina que eu tenho uma nota de 100 euros na minha mão e quero dá-la a ti. Aceitarias? Claro! Digamos que eu a amachuco para que fique feia. Ainda a queres? Tenho certeza que sim! Agora eu coloco-a no chão e salto em cima dela e fica cheia de pó. Por que a quererias? Porque tem o mesmo valor! Não importa o quão enrugada e suja esteja, continua a ser uma nota de 100 euros.

Quanto vales tu? 1000 euros? 100 000 euros? Tu vales o Filho de Deus desistir da glória e honra no céu, descer a esta terra de trevas e pecado e morrer por ti. Que imenso valor! E mais, o Pai deu o Seu Filho, arriscando tudo para salvar a humanidade. Assim como o pastor deixou as 99 ovelhas para procurar a ovelha perdida, Jesus teria morrido mesmo se fosse só por ti. “Porque Deus enviou o seu Filho ao mundo, não para que condenasse o mundo, mas para que o mundo fosse salvo por ele.” João 3:17. Já estávamos condenados antes de Ele ter vindo, devido ao nosso pecado.

O Que Fazer?

Maria Madalena era uma mulher de má reputação, de quem Jesus expulsara sete espíritos malignos. Alguns comentadores acreditam que ela foi a mulher apanhada em adultério no capítulo 8 de João. Jesus tinha perdoado os seus pecados e ela quis mostrar-lhe gratidão. Ela tinha-o ouvido a falar da Sua morte. Então, ela comprou um perfume muito caro e começou a ungi-Lo. Ela caiu a chorar aos Seus pés e lavou-os com suas lágrimas e limpou-os com seu longo cabelo.

Da mesma forma, o melhor lugar em que podes estar quando em aflição é aos pés de Jesus. Reivindica esta grande promessa: “Se confessarmos os nossos pecados, ele é fiel e justo para nos perdoar os pecados, e nos purificar de toda a injustiça.” I João 1:9. Não importa o quão pecaminoso te possas sentir, pois "onde o pecado abundou, superabundou a graça.” Rom 5:20. “Sabendo que, se o nosso coração nos condena, maior é Deus do que o nosso coração, e conhece todas as coisas.” I João 3:20.

O pobre publicano orou, “Ó Deus, tem misericórdia de mim, pecador!” Lucas 18:13. Ele considerava-se um homem muito perverso, e outros viam-no da mesma forma. Em si mesmo, ele não se sentia suficientemente bom, ainda assim sentiu uma necessidade e aproveitou a sua única oportunidade. Carregado de culpa e vergonha, ele veio diante de Deus pedir a Sua misericórdia. Que grande contraste com a oração jactanciosa e auto-suficiente do fariseu!

Reflete sobre esta interessante citação de Ellen White:

“Há algumas lições que nunca serão aprendidas a não ser mediante o fracasso. Pedro foi um homem melhor depois de sua queda. O Senhor permite que Seus filhos caiam; e então, se eles se arrependerem de seu mau procedimento, ajuda-os a se colocarem num terreno vantajoso.”— Ellen White, Review and Herald, 16 de dezembro de 1902.

Havia esperança para o publicano pobre, para Paulo, Pedro e Maria Madalena, e há certamente esperança para ti, meu amigo, qualquer que seja a tua situação, qualquer que seja o teu pecado.

Se reconheceres a tua pecaminosidade, não esperes ficar melhor por ti mesmo. Nunca nos tornamos melhores pelos nossos próprios esforços. Somente Deus pode ajudar-nos através da Sua graça. Vai a Cristo tal qual como estás, confessa o teu pecado, dá a tua vida inteiramente a Ele diariamente, e Ele certamente te receberá e guiará no caminho da vida.

Christian Hjortland é diretor e palestrante para Empower Missions.